Saiba o que fazer em um acidente de trânsito
Ligue imediatamente para a emergência em caso de acidente com vítima

Acidentes podem acontecer em qualquer lugar, todo motorista está sujeito a esse tipo de situação, o importante é estar preparado caso aconteça. Veja a seguir, o que fazer em um acidente de trânsito com ou sem vítimas.

Acidentes com vítimas

Antes de tudo, verifique se há feridos no local do acidente, se houver, entre em contato imediatamente com o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Emergência) pelo telefone 192. Em seguida, sinalize o local para que outros motoristas fiquem atentos, isso evita que novos acidentes aconteçam. Após ligar para o socorro e sinalizar a via corretamente, a polícia deve ser acionada para registrar a ocorrência sempre que houver feridos no local. É obrigação do motorista prestar socorro às vítimas de acidentes, deixar de prestar a devida assistência é crime previsto no artigo 135 do Código Penal Brasileiro.

Sem vítimas

Quando não houver vítimas na batina os veículos devem ser retirados da via, é proibido o bloqueio do trânsito no local. Segundo o artigo 178 do Código de Trânsito Brasileiro, impedir a circulação de veículos é considerado infração média e pode chegar a multa como penalidade. Após a retirada do veículo da via, anote o número da placa e peça o documento do condutor. A troca de telefone entre as partes envolvidas é crucial, se não quiser passar seu número pessoal, passe o contato da prestadora de seguros caso tenha uma. Esses profissionais estão mais bem preparados para lidar com esse tipo de situação.

Sinalize a via corretamente

É muito importante sinalizar a via da maneira correta, o objetivo é informar aos outros condutores e evitar novas batidas. Para sinalizar utilize o triângulo que normalmente se encontra no porta-malas do veículo, posicione-o a uma distância mínima de 30 metros do local da batida. Essas orientações são do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Também é recomendado colocar o triângulo 1 metro a mais para cada quilômetro permitido na via em que o acidente aconteceu, ou seja, se uma via tem o limite de 40 km/h, o triângulo deve ser posicionado a 40 metros de distância.

Perícia

Se os envolvidos na batida discordarem sobre quem é o responsável pelo acidente, a medida a ser tomada é contratar uma perícia particular para verificar, analisar e emitir um parecer. O laudo emitido por um especialista poderá ser usado como prova se houver um processo judicial. Mesmo que os envolvidos entrem num acordo sobre a responsabilidade do acidente, é necessário que a batida seja registrada por meio do boletim de ocorrência na polícia. Esse registro mais conhecido como B.O faz parte da documentação utilizada para acionar o seguro DPVAT e também a seguradora do veículo.

Em alguns casos, se não vítimas no local do acidente, o boletim de ocorrência pode ser feito pela internet pelo site da Polícia Civil. Lembrando que os envolvidos não podem se ausentar do local até que tudo seja resolvido.

Veja também: Principais riscos dos combustíveis adulterados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *