IPVA 2020
Calendário de pagamento do IPVA 2020 já está liberado

Quem sonha ter o carro próprio, deve estar atento as obrigações quanto à sua aquisição. Muita gente não se dá conta que existem outros gastos além das parcelas. Alguns impostos são cobrados ao adquirir um veículo, o que significa mais despesas que poderia imaginar, um deles é o IPVA. Todo motorista sabe o que é, e para aqueles que ainda não sabem, vamos explicar sua importância para a economia brasileira.

O que é IPVA

IPVA significa Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. O dinheiro recolhido com os impostos é direcionado aos órgãos públicos, para que sejam usados em melhorias de serviços coletivos. O montante arrecado é distribuído da seguinte forma: 40% do dinheiro deve ser destinado ao Governo Estadual, 40% aos municípios e 20% ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, popularmente conhecido como FUNDEB.

Para saber o período de pagamento, deve-se levar em consideração o número da placa do automóvel bem como a tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) que contém as escalas de vencimento divulgada todo ano. Além disso, outra forma de realizar o cálculo está diretamente ligada ao ano e as condições em que o veículo se encontra.

Essa taxa normalmente é cobrada no início de cada ano e claro, o proprietário tem um prazo para efetuar o pagamento. Caso prefira pagar à vista, poderá ter direito a desconto. Portanto, fique atento. Por outro lado, caso o proprietário não efetuar o pagamento do IPVA dentro do prazo, consequentemente estará proibido de circular com o veículo até que os documentos estejam em dia.

Muita gente não sabe que existem casos em que proprietários de veículos podem solicitar a isenção do IPVA e consequentemente não fazer por desconhecer essa informação. A solicitação para dispensa do pagamento pode ser realizada na Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ) por qualquer pessoa nas seguintes condições:

– Veículos empregados em serviços agrícolas e de terraplanagem, desde que não circulem em vias públicas.

– Ambulâncias

– Veículos de transporte de passageiros tipo táxi.

– Portador de deficiência física, auditiva, visual ou mental severa ou profunda, ou autista, proprietária do veículo automotor, ou seu responsável legal.

– Veículos automotores das entidades das entidades ou associações sem fins lucrativos, que prestem serviços de transporte às pessoas portadoras de deficiência.

– Automóveis com mais de 20 anos de fabricação

Enfim, agora que já sabe o que é IPVA, para que serve e como é distribuído, fique atento aos prazos de pagamento do documento do seu veículo. Para saber mais acesse o site www.sefaz.es.gov.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *